“Honra ao SENHOR com teus bens e com as primícias de todos os teus rendimentos; e se encherão com fartura os teus celeiros, assim como transbordarão de vinho os teus reservatórios.” Provérbios 3:9-10

Esse texto fala que Deus irá suprir abundantemente seu povo com a sua provisão (se encherão com fartura os teus celeiros e transbordarão de vinhos os teus reservatórios).

Suprir as necessidades materiais dos seus filhos faz parte da vontade de Deus. Em Salmos 23:1 diz: O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. Em Filipenses 4:19 diz: o meu Deus suprirá todas as vossas necessidades, em conformidade com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.

E quem não quer ter todas as suas necessidades supridas pelo Senhor? Mas isso não acontecerá de forma automática em nossas vidas. Essa promessa é condicional, depende de nós para que possa ser concretizada, ou seja, nós temos que fazer a nossa parte. E quando nós fizermos a nossa parte certamente Deus irá fazer a Dele!

Esse texto nos ensina que é muito mais do que dar, é a atitude correta, é a motivação correta pela qual fazemos. É HONRAR ao Senhor! E isso faz toda a diferença!

Deus não está interessado em nossas ofertas, no nosso dinheiro, mas sim na ATITUDE que nos leva a darmos a Ele nossas ofertas.

Em Atos 5:1-5 fala que Ananias e Safira levaram uma oferta de alto valor aos apóstolos, mas a motivação estava errada, cheia de mentiras, e o que aconteceu? Deus se agradou? Não! Eles foram julgados. Deus não queria o dinheiro, mas a atitude de honra.

Em Marcos 12:41-44 fala que Jesus observava COMO as pessoas ofertavam. Muitos ricos depositavam ali grandes quantias, mas o que chamou a atenção Dele foi a oferta de uma viúva pobre que deu apenas duas moedas de pouco valor.

A oferta dela teve mais valor pra Deus que todas as outras porque todos ofertaram do que lhes sobrava, a viúva, mesmo sendo pobre, foi generosa, deu todo o seu sustento.

Deus não está interessado na quantia que cada um oferta, Ele não se importa com o valor, mas o que Ele deseja é que pratiquemos a nossa fé, a confiança Nele, o amor a sua obra e o desapego as coisas materiais.

Deus é generoso em nos abençoar, precisamos ser generosos em nossas ofertas.

Em Marcos 14: 3-9 fala de uma mulher que derramou um vaso de alabastro, cheio de bálsamo de nardo puro, muito caro, sobre a cabeça de Jesus. Mas por que ela fez isso? Para muitos foi um desperdício. Hoje em dia, infelizmente, muitos pensam da mesma forma: ofertar na igreja local é um desperdício, é desnecessário, não é preciso! Mas para aquela mulher era uma forma de honrar e adorar ao Senhor.

Então, que façamos o mesmo, dar ao Senhor sempre o nosso melhor, com o coração cheio de gratidão e alegria, com a motivação correta, não porque queremos nada em troca, não por necessidade ou constrangimento, nem por qualquer outro motivo que não seja por amor a Deus e a Sua obra.

“Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” Mt 6:33

Leave a comment

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *